Desperta-dor

14.5.2012

Um som agudo e irritante começa a aumentar de volume, faz desmoronar toda realidade ao redor. Era tudo um sonho? Os olhos se abrem e aos poucos percebo o que chamam de despertador, mas eu chamo de “destruidor de sonhos”! Voltando a consciência vejo que está na hora de levantar.
 
O dia começa em uma manhã qualquer. Acordo apressado, mil coisas por fazer. O pensamento vôa acelerado. Não demora muito para o telefone tocar... Aos poucos a sensibilidade se esvai e o ativismo se impõe. E assim as horas vão, e o dia passa. Mais um capitulo da minha história se completa desapercebido.
 
Faço meus planos, mas de fato, sei que o dia pode terminar muito diferente de como imaginei. “A gente nunca imagina que vai acontecer com a gente.” diz a voz de alguém no noticiário. Uma vitima do acaso, refém do sofrimento, exposto como um triste exemplo de uma sociedade doente e sem esperança. Fiquei pensando naquela declaração: "A gente nunca imagina que vai acontecer... Mas é claro que não!" pensei. Afinal quem espera pelo pior? A maioria das pessoas vive esperando e lutando pelo melhor. Não está nos planos de ninguém passar por uma situação traumática, perder algo de valor, ou até mesmo alguém próximo. Mas tudo isso acontece, todos os dias tem alguém no noticiário repetindo a mesma frase. Então, quem estaria preparado? Percebo que o despreparo é tamanho que certas pessoas preferem nem tocar nesse tipo de assunto.
 
Até que um dia algo acontece. E como um despertador, o sofrimento chega fazendo lembrar de que somos feitos. Traz a tona a realidade que tentamos esconder todos os dias. Talvez fique difícil para muitos até saber o que sentir diante de uma dor muito forte. A rigidez torna o coração insensível até mesmo para a própria dor.
 
Só que existe algo, que os olhos não vêem, mas o coração sente. Palavras nunca ditas, projetos inacabados, sonhos abandonados... Talvez a oportunidade de dizer algo a alguém esteja chegando ao fim. Talvez o tempo certo para o plantio esteja acabando. Pode ser que o inverno não demore chegar.
 
Em noites bem dormidas, já consegui acordar pouco antes do despertador. Foi mágico! Poder acordar calmamente e desligar o alarme antes que sõe! Não que eu tenha voltado a dormir, mas se a vida é como um sonho, é bom lembrar que é finita e o relógio não pára. Faz bem saber que tudo vai passar, e existe mais para além da matéria. Um lugar melhor, para todos que crêem.

Please reload

Posts Em Destaque

Desperta-dor

May 14, 2012

1/1
Please reload

Posts Recentes

December 16, 2015

May 14, 2012

Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

HugoSentinelli.com

Rio de Janeiro | 2020